05/09/2008

IBAPE

O texto abaixo é de autoria do engenheiro José Carlos Pellegrino, que o divulgou numa assembléia geral do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias (IBAPE). São frases retiradas de laudos de peritos judiciais e de assistentes técnicos (principalmente de localidades do interior e de outros estados brasileiros), de engenheiros e técnicos que trabalham em bancos ou em empresas de financiamento, crédito e investimentos e fiscais do CREAI do Banco do Brasil.

- Frase retirada de um laudo judicial (Estado do Nordeste), mais particularmente do capítulo relativo à descrição do imóvel vistoriado:
"O imóvel está uma boneca".

- Relatório sobre aplicação de financiamento concedido a fazendeiro do interior: "As garantias permanecem em perfeito estado de abandono e conservação. Mutuário mantém vida privada na fazenda".

- Sugestão oferecida por perito após vistoria feita no local onde deveria ter sido aplicado o empréstimo: "Acho bom o banco suspender o negócio do cliente, para não ter aborrecimentos futuros".

- De um relatório de um fiscal do CREAI do Banco do Brasil S/A:
"Financiado executou trabalho braçalmente e animalmente".

- Frase extraída de um termo de encerramento de laudo judicial, em processo que tramitou pela Vara Cível do Fórum de João Mendes Jr.:
"Os anexos seguem em separado".

- Início de relatório de perito-avaliador, em Estado do Nordeste:
"Chegando na fazenda do Sr. Pedro Jacaré e não encontrando o réptil..."

- Opinião do fiscal do CREAI do Banco do Brasil S/A:
"Desconfio que o mutuário está com intenção de pagar o débito".

- De um relatório de inspeção de propriedade agrícola que recebeu financiamento de estabelecimento bancário:
"Cliente faz roçado juntamente com a mulher".

- Informação do fiscal do CREAI do Banco do Brasil S/A:
"O mutuário foi para São Paulo para melhorar de vida. Quando voltar vai liqüidar o banco".

- Descrição de máquina elétrica, integrante de um relatório sobre financiamento:
"A máquina elétrica financiada é toda manual e velha".

- Relato de perito que gosta de ter seu trabalho valorizado:
"Visitamos aquele açude nos fundos da fazenda e depois de longos e demorados estudos constatamos que o mesmo estava vazio".

- De um relatório de um fiscal do CREAI do Banco do Brasil S/A:
"O proprietário vendeu o touro financiado porque o mesmo estava frouxo; trocou-o por um mais potente".

- Sugestão do mesmo fiscal:
"Tendo em vista que o mutuário adquiriu aparelhagem para processar inseminação artificial e um dos touros holandeses morreu, sugerimos que se fizesse o treinamento de uma pessoa para tal função".

- Memorando de justificação de falta de funcionário no banco:
"Referência: Cobra. Comunico que faltei ao expediente no dia 14 em virtude de ter sido mordido pela epigrafada".

- Frase de um relatório de um perito-avaliador com tendência a profeta:
"Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe; ele vai acabar sendo executado pelo banco".

- Perito tentando dar uma imagem real da topografia de uma área:
"Era uma ribanceira tão ribanceada que se estivesse chovendo e eu andasse a cavalo e o cavalo escorregasse, adeus perito".

Denunciar Abuso

Compartilhar

no facebook

Comentários