22/07/2010

Galopando à moda Indígena

Esta se passa no faroeste, numa reserva indígena.
Uma jovem turista cheia de curvas estava passeando com seu carro pela Famosa "66" quando seu carro fica sem gasolina em pleno deserto.
Um índio que passava a cavalo por ali lhe oferece uma carona na garupa para levá-la até o próximo posto. A garota aceita.
E eles seguem num passo lento, depois no trote e depois no galope.
Certo momento o cavalo empina, a moça se segura firmemente na sela do cavalo. A partir daí, de tempos em tempos o índio segura o cavalo e o faz empinar. Ele repete a operação diversas vezes. O índio começa a soltar uns gritos do tipo "yaaaa-uuuuu!", e segue no galope.
Finalmente, depois de meia hora, eles chegam em um posto. O frentista pergunta à garota:
- Me diz uma coisa, o que você fez para este índio para ele estar neste estado de excitação?
- Eu? Nada! Eu fiquei sem gasolina a alguns quilômetros daqui, então ele me ofereceu carona. Subi na garupa e passei os braços em volta dele e me segurando no cabo da sela...
O frentista responde às gargalhadas:
- Você não sabia que os índios não usam sela?

Denunciar Abuso

Compartilhar

no facebook

Comentários