20/03/2009

A Vaca no mundo economico

Conceito: Feudalismo

Você tem duas vacas.
Seu senhor pega parte do leite para ele.


Conceito: Socialismo

Você tem duas vacas.
O governo as tira de você e as coloca num curral, juntamente com as
vacas de todo mundo.
Você tem que cuidar de todas as vacas.
O governo lhe dá um copo de leite.


Conceito: Comunismo Russo

Você tem duas vacas.
Você tem que cuidar delas, mas o governo fica com o leite todo.
Você rouba o máximo possivel do leite e o vende no mercado negro.

Conceito: Comunismo Cambojano

Você tem duas vacas.
O governo pega as duas e fuzila você, acusando-o de ser um capitalista
criminoso centralizador dos recursos de produção da Nação e fomentando
a fome de seu Povo.


Conceito: Ditadura Iraquiana

Você tem duas vacas e é fuzilado por suspeita de serem instrumento do
imperialismo americano com o objetivo de contaminar todos os rebanhos
do país.

Conceito: Democracia Representativa Britanica

As duas vacas estão loucas, mas a família real mantém as aparências
perante a imprensa.


Conceito: Capitalismo Norte Americano

Você tem duas vacas.
Você vende uma delas e compra um touro, que usa para inseminar a outra
vaca e tambem as demais vacas do pedaço (cobrando pela cobertura,
naturalmente). Depois, comeca a exportar esperma bovino para mercados
emergentes.
Após vários anos de expansão, sua empresa lança uma oferta publica
inicial para ser apresentada na Bolsa de Valores de Nova York.
A Comissão de Valores Mobiliários abre um processo contra você e sua
mulher por negociação com informações privilegiadas.
Depois de uma longa e cara briga nos tribunais, você é considerado
culpado e condenado a 10 anos de prisão, dos quais acaba cumprindo
sete semanas.
Quando sai da cadeia, você compra duas galinhas.
Aí você vende uma delas, compra um galo...


Conceito: Democracia Burocrática Brasileira

Você tem duas vacas.
Primeiro, o Governo federal trará normas para determinar como você vai
poder alimentá-las e quando vai poder tirar leite delas.
Depois, ele lhe paga para não tirar leite delas em determinadas épocas
do ano, sob o argumento do controle de preços (pois leite com excesso
de oferta fará cair o preço no mercado interno e externo, podendo
oscilar perigosamente a balança de pagamentos).
Nos demais meses que lhe é permitida a ordenha, o Congresso institui o
IOL - Imposto sobre a Ordenha do Leite - que abocanha 24,3% do valor
da venda sobre um faturamento médio projetado - mesmo que você não
consiga vender o leite, pois a base tributária incide sobre uma
estimativa de produtividade.
O governo estadual, sabendo da existencia das duas vacas, institui o
ICVDL - Imposto de Circulação de Vacas e Derivados de Leite
com a alíquota de 27,8% calculados sobre o valor de aquisição venal
das vacas e/ou sobre o preço mínimo venal estipulado para o leite e
derivados naquela região. Logicamente que, tendo sido vendido o leite
a preço superior ao preço venal fixado, a base de cálculo será a maior
das duas.
Entrementes, o governo municipal, sabendo da existencia de um "boom"
bovino na cidade, institui o IPTURAVDB Imposto - Predial Territorial
Urbano e Rural sobre Abrigos de Vacas e demais Bovinos - calculados a
base de 318,9876435 UFMs por metro quadrado da propriedade.
Após poucos meses,um acordo entre os governos municipaís e estaduais é
instituido o rodizio de vacas e demais bovinos nas ruas de cada
cidade, com o nobre propósito de reduzir a poluição estercal das ruas.
O desrespeito implicara na multa de US$100,00 por vaca por dia de
autuação.
Você, cidadão esmagado pela carga tributaria, doa uma vaca para uma
instituição de caridade e abate a segunda, oferecendo um churrasco
para amigos e vizinhos.
Ao chegar em casa, dois fiscais da vigilância sanitária estão te
aguardando com uma intimação para depor sobre abate não autorizado de
animais para consumo.

Denunciar Abuso

Compartilhar

no facebook

Comentários